• Gustavo Figueirêdo, psicólogo clínico

Os temperamentos sociopolíticos


Temperamento é o “conjunto dos traços psicológicos e morais que determinam a índole de um indivíduo; modo de ser ou agir.”. Ele se classifica em quatro tipos: sanguíneo, colérico, fleumático e melancólico. O sanguíneo é de pessoas extrovertidas, alegres, cômicas, positivas. O colérico são pessoas explosivas, agressivas; popularmente conhecidas como - pavio curto. Já o fleumático são pessoas pacatas, equilibradas, que não gostam de confusões. E o melancólico, por sua vez, são pessoas com dificuldades de expor suas emoções, mais quietas, mais desconfiadas; conhecidas como mais: deprê.


Todos nós, seres humanos, temos um temperamento nuclear ou principal; mas, no dia a dia, podemos “usufruir” de outros; de acordo com as conveniências que nos compete, ou que nos sejam oferecidas. Geralmente, de uma forma inconsciente. E o que seriam os temperamentos sociopolíticos? Claro, metaforicamente falando!


Imaginemos o Brasil, enquanto um país democrático de direito, tendo no seu organograma, como administração política, uma estrutura de um corpo humano. No topo do seu gráfico (cabeça) está o Presidente da República. Este, para muitos, de um temperamento colérico, agressivo, bruto,... Muitas vezes, nem compatível para a diplomacia do cargo. Certamente, o mesmo deve saber a razão do pavio ser tão curto. Caso contrário, nada que um trabalho psicoterapêutico, bem sucedido, não venha auxiliar na descoberta.


No desvelar desse “gráfico humano” nos deparamos com a coluna vertebral. Esta representada pelo Congresso Nacional. Arquitetonicamente, edificado por suas entranhas vertebrais: gabinetes, salões,... E, mediante as suas atividades, a CPI da Pandemia, inclusive em curso; com seu temperamento sanguíneo, cômico, muitas vezes. Caso os governadores venham a depor, possivelmente, poderá vir a existir até um novo tipo de temperamento: o consanguíneo.


No demais, se pudéssemos oferecer uma vestimenta para esta estrutura, provavelmente o bolso seria, socialmente falando, de um temperamento melancólico. Ou seja, cabisbaixo, deprê. Por que será? A quantidade de impostos pagos e não revertidos, como deveria para sociedade, decerto nos levaria a compreender melhor o devido traço psicológico.


Por fim, caro leitor, eis a questão! E você: qual seu tipo de temperamento? Sanguíneo, colérico, fleumático ou melancólico?

A pandemia do rompimento

#comportamentohumano #cpi #pandemia #política #temperamento

128 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo