top of page
  • Foto do escritorGustavo Figueirêdo, psicólogo clínico

Carl Gustav Jung: “O Profeta”!

Acredito que muitos já ouviram falar em Carl Gustav Jung. Nascido na Suíça, médico psiquiatra e psicoterapeuta analítico. Certa vez, Jung, proferiu que: Enxergamos mil facetas no outro que não conseguimos enxergar na gente. Ou seja, com outras palavras, o mesmo dizia que, inconscientemente, ou sem nos darmos conta, percebemos os nossos defeitos, ou as nossas mazelas, através dos outros. Mediante de, um exemplo simplório, quando dizemos que: “Fulano é chato!”; é a nós que estamos dizendo.


Haja vista, diante do cenário sócio-político-partidário que, o Brasil, vem vivendo desde do período da campanha presidencial do ano passado; parece-me que, até certo ponto, Jung tinha razão. Através dos meios midiáticos (televisivos, redes sociais,...), assistimos aos parlamentares, próximos ao Ex-Presidente Bolsonaro, como os filhos, sendo acusados com supostos envolvimentos com milícias, perante a oposição. Do contrário, o setor midiático, informa-nos que, assim também, políticos próximos ao Presidente Luis Inácio Lula da Silva, como a Ministra do Turismo, envolvida supostamente com milicianos.


Outra situação exposta para população, através da oposição, era que o Ex-Presidente Bolsonaro chamava muito palavrão. Recentemente, o Presidente Lula disse que iria f@d&# o Senador Sérgio Moro; a título de vingança. Ora! Parece-me que, fora médico psiquiatra, psicoterapeuta analítico; Carl Gustav Jung, também, tinha o “Dom da Profecia”? (Risos) A nível, internacional, nacional e principalmente sócio-educativo, independentemente, seja situação ou oposição; tudo isso é muito, mas muito triste para a nossa Nação.

Não obstante, em se tratando da mídia; recentemente escutei de um comentarista político: “Admiro quem tem inteligência acima da mídia.”. E não, acima da média. Acredito que o mesmo não quis desqualificar a classe jornalística. Por sabermos que, em toda profissão, existem excelentes e péssimos profissionais. Mas, por vivermos, nos tempos atuais, submersos no convívio de tantas fake news. Muitas vezes, não sabemos o que é verdade ou não.


Por fim, caro leitor, eis a questão! Você se vê com o “Dom da Profecia”, assim como Carl Gustav Jung demonstrava ter? Ou, com muito respeito, tens o dom de cultivar um, ser embusteiro, dentro de si; assim como muitos...?

A pandemia do rompimento
185 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Vigilante

Pisa

Kommentare


Die Kommentarfunktion wurde abgeschaltet.
bottom of page